-->

sábado, 1 de junho de 2013

Nova Manzuá deverá cobrir 177 rodovias estaduais.





A Operação Manzuá deverá se concentrar nas 177 rodovias estaduais da Paraíba (PBs), segundo o novo formato projetado pelo secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima. O gestor adiantou que uma possível reativação está sendo estudada, mas de forma renovada, sem interferir no trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e com postos móveis.

“Na realidade, a PRF nunca quis que a Manzuá voltasse a atuar nas rodovias federais. Existe uma certa resistência.
Mas, se o Governo Federal fizer a parte dela bem feita e ficar só a parte do Estado, tudo dará certo”, afirmou o secretário Cláudio Lima. Ele disse que atualmente o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) é o órgão responsável pela fiscalização dos mais de 5 mil quilômetros distribuídos em 177 rodovias estaduais, mas o secretário admite que o policiamento poderia melhorar. “A BPTran faz o policiamento das estradas estaduais. Ainda não é o ideal, mas eles fazem rondas constantes, já prenderam até assaltantes de banco em fiscalizações”, disse.

Na última quarta-feira, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou requerimento solicitando ao governador Ricardo Coutinho o retorno da Operação Manzuá no Estado. A solicitação, de autoria do deputado Raniery Paulino, foi sugerida após o ataque de uma quadrilha na cidade de Princesa Isabel, na segunda-feira. O inspetor chefe do Núcleo de Comunicação da PRF, Anderson Poddis, adiantou que o órgão não vai se pronunciar a respeito, pelo menos por enquanto. “Até agora, é apenas uma solicitação, mas não está nada certo para reativar a Manzuá. Então, a superintendência vai analisar o caso para dar um posicionamento, no decorrer dos fatos”, esclareceu.

Propina

Quando a Operação Manzuá ainda operava, muitas pessoas reclamavam que a fiscalização era conhecida como “pagou, passou”. Ou seja, ao valor de alguns trocados, era fácil passar pela blitz. O secretário Cláudio Lima argumentou que as propinas poderiam ser coibidas com a adoção de câmeras de segurança.

“Temos que reconhecer que há muitos policiais honestos e que uma minoria acabava manchando a reputação de toda uma corporação. Mas se houvessem câmeras de segurança em todos os pontos da Manzuá e a fiscalização fosse filmada, inibiria bastante os casos de propina. Seria uma medida inteligente e efetiva”, opinou.

Fonte: Jornal Correio da Paraíba

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Partida entre Brasil e Inglaterra é suspensa pela justiça


    A 13ª Vara de Fazenda da Capital concedeu liminar que suspende o amistoso entre Brasil e Inglaterra, marcado para o próximo domingo (02), no Maracanã. Atendendo um pedido do Ministério Público Estadual, a juíza Adriana Costa dos Santos suspendeu a partida por acreditar que o estádio não oferece segurança necessária para a realização do evento. A partida seria o segundo evento-teste do Maracanã e a última oportunidade de testar o estádio antes do início da Copa das Confederações. 
    Segundo o MPE, o Maracanã não oferece segurança para os torcedores que irão comparecer ao estádio para acompanhar o jogo. Na ação civil pública, o Ministério pede que o jogo seja suspenso para "garantir a segurança" até que sejam apresentados laudos técnicos que comprovem que o estádio está em condições de sediar jogos e eventos.

    "Apesar das inúmeras solicitações feitas pelo Ministério Público, os laudos não foram entregues em sua totalidade, não havendo, até o momento, a comprovação de que o estádio apresenta os requisitos mínimos necessários para a realização de jogos ou eventos", escreveu Adriana na decisão, complementando que o único laudo apresentado pela Policia Militar, de 29 de maio de 2013, "demonstra que o estádio ainda está em fase de construção".

    Segundo o documentado apresentado, materiais perigosos, como pedras, pedaços de calçadas e restos de obras podem ser utilizados em tumultos e confrontos de torcedores. Segundo a juíza, tais problemas deveriam ter sido resolvidos até o sábado, véspera da partida. 

    "Ocorre que até o presente momento não se tem notícia de que as restrições foram sanadas ou ainda se teve acesso aos demais laudos, indispensáveis, para a verificação da viabilidade de inauguração com a segurança que se espera. Sendo assim, diante da desídia dos responsáveis, no caso, os réus, não há como permitir que o estádio seja reinaugurado sem a comprovação de que está em condições satisfatórias de segurança e higiene", traçou a juíza. A juíza ressalta, ainda, que se for comprovada a garantia de "segurança e higiene" do local, "a liminar perderá sua fundamentação, podendo ser revogada, realizando-se, então, o evento".

    Se a bola rolar no próximo domingo sem a apresentação dos laudos de vistoria de Engenharia, de prevenção e combate de incêndio, e de condições sanitárias e de higiene, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Comitê Organizador Local (COL) e José Maria Marin, presidente destas entidades, terão de pagar multa de R$ 1 milhão por cada evento realizado.

    Fonte: Esporte Interativo


    terça-feira, 28 de maio de 2013

    Ex-presidiário espanca a própria mãe e chuta criança de 3 anos em Araçagi

    A Polícia conseguiu prender nesta segunda-feira (27) Genival dos Santos, acusado de bater na própria mãe, tentar espancar o pai, e ainda chutar uma criança de apenas 3 anos de idade.

    Pela manhã a Polícia foi acionada para comparecer ao Sítio Capim Açu, município de Araçagi, sob a informação de que um homem estaria causando desordem no local, e ao chegarem a residência do fato o acusado evadiu-se do local e adentrou um matagal, durante toda a manhã os policiais estiveram na busca do acusado que só foi capturado por volta das 15h da tarde.
    Antes de fugir o elemento estaria drogado e revirou os objetos da casa onde morava com os pais, espancou a mãe, Maria José dos Santos, tentou bater no pai, Genival Severino dos Santos, e, como se não bastasse, ainda chutou uma criança que seria sua sobrinha de apenas 3 anos de idade, que com chute caiu e ficou com hematomas no rosto.
    A prisão aconteceu pelo destacamento de Araçagi nas pessoas do Sargento Luciano, Soldado Andrade, e os Cabos Valdeci e Ednaldo; assim como pela guarnição da viatura 5092 do Choque Alfa, comandada pelo Sargento Lidinaldo, Cabo Duarte, Soldado André e Cabo Vanderlei.
    Genival já teve passagem pela polícia acusado de roubo.
    Sgt Luciano do destacamento de Araçagi e equipe do Choque Alfa

    Portal Independente

    Bandidos cercam Princesa Isabel e iniciam disparos contra população para assaltar Banco do Brasil. Confira!

    A cidade de Princesa Isabel, localizada a 430 Km de João Pessoa, vive um clima de tensão na manhã desta terça-feira (28). De acordo com informações da população, 12 homens fortemente armados cercaram a cidade para roubar o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e os Correios.

    A presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Nilninha Lucena, revelou que está trancada dentro da Sede com mais de quarenta pessoas que se recusam a sair do local com medo de serem alvo dos assaltantes.


    A cidade de Princesa Isabel possui apenas cinco policiais e cerca de quarenta policiais de Patos se deslocaram para auxiliar nos trabalhos.

    Imagens abaixo:

    Não procede a informação que foi divulgada na imprensa através de blogs e alguns portais, que o prefeito Dominguinhos havia sido sequestrado. A redação do ClickPB falou com o prefeito que traquilizou toda população. Segundo o prefeito, a cidade só conta com 5 PMs e o tiroteio durou mais de 40 minutos.

    Os bandidos chegaram a iniciar um tiroteio na cidade e já há informações de vítimas fatais na cidade.

    ClickPB

    Prefeitura de Araçagi lança Portal da Transparência


    A Prefeitura Municipal de Araçagi lançou, nesta segunda-feira (27), o seu Portal da Transparência, uma boa notícia para os araçagienses, tendo em vista que estamos vivendo em um tempo em que se exige que cada vez mais o cidadão participe das decisões de interesse coletivo, sobretudo aquelas relacionadas às ações dos poderes públicos.

    O Portal da Transparência trata-se de uma exigência prevista na Lei Complementar no 131 de 27 de maio de 2009 (Lei da Transparência). Conforme seu texto, todo município brasileiro com menos de 50 mil habitantes a partir de 27 de maio de 2013 deverá ter um Portal da Transparência. O mesmo deverá ser abastecido diariamente com receitas e despesas do poder público municipal.

    A ideia é aumentar a possibilidade de fiscalização da gestão pública, permitindo que o cidadão acompanhe a execução financeira do município. De outro modo, o Portal da Transparência contribui para dinamizar a Lei de Acesso a Informação (Lei Federal no 12.527, sancionada em 18 de novembro de 2011). Por meio dela todos os brasileiros têm a prerrogativa de receber dos órgãos públicos informações tanto de seu interesse pessoal como aqueles de interesse coletivo.

    No Portal da Transparência da Prefeitura de Araçagi serão disponibilizadas informações sobre licitações, receitas e despesas do município. O portal ainda irá possibilitar a divulgação de ações e projetos do Executivo municipal e das secretarias, além de serviços para a população, servidores e contribuintes. 
    O referido portal também conta com um canal de contato intitulado de "Fale com o Prefeito", nele os internautas têm uma forma de interagir com o prefeito de Araçagi através de envio de mensagens.
    Para acessar o endereço, basta acessar (http://prefeituraaracagi.com.br/).
    Da Redação com, / Portal Araçagi