-->

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Veja o que pode (ou não) ser compartilhado nas redes sociais


Evite problemas com sua família na internet deixando de lado posts que passam dos limites
Matéria Patrocinada

Anterior
Intimidade demais: NÃO PODE

​Evite publicar fotos muito sensuais, de momentos 
íntimos com o seu par ou publicações que exponham briga de casal, 
discussões em família e outros assuntos muito particulares. Lembre-se: 
proteger seus familiares é a chave para uma relação de harmonia 
constante.Próxima
Intimidade demais: NÃO PODE 
Evite publicar fotos muito sensuais, de momentos íntimos com o seu par ou publicações que exponham briga de casal, discussões em família e outros assuntos muito particulares. Lembre-se: proteger seus familiares é a chave para uma relação de harmonia constante.
Foto: Arte R7

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Obra de R$ 1,5 milhão vai reforçar abastecimento do Cariri com água da transposição


De acordo com a Cagepa, obra de captação é constituída de um poço amazonas com drenos coletores radiais, que vão captar água do rio Paraíba e abastecer as localidades que depende da adutora do Congo
Serviços | Em 10/04/17 às 06h58, atualizado em 10/04/17 às 06h53 | Por Halan Azevedo
Divulgação/Prefeitura de Monteiro
Transposição renova esperanças dos paraibanos
A partir de maio, municípios do Cariri paraibano não assistidos diretamente pela Transposição do São Francisco vão ter reforço no abastecimento de água com a conclusão da obra que vai permitir a captação de capte água da transposição através da adutora do Congo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a Diretoria de Expansão da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), a obra de captação é constituída de um poço amazonas com drenos coletores radiais, que vão captar água do Rio Paraíba. A obra está localizada no cruzamento do rio Paraíba com a PB-214, que liga os municípios de Sumé e Congo.

No local, será instalada uma bomba de grande vazão no poço amazonas para que a água seja injetada na adutora que vem do açude Cordeiro, que fica no Congo, possibilitando o reforço no abastecimento nos municípios de Sumé, Serra Branca, Livramento, Parari, São José dos Cordeiros e Gurjão.

Ainda segundo a Cagepa, atualmente, a obra, que custa R$ 1,5 milhão, está com 50% de andamento e deverá ficar pronta e em operação em maio.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.



'Chupeta eletrônica' de estudantes da Paraíba vence competição nos EUA

Estudantes do IFPB receberam o prêmio de mil dólares por projeto de chupeta eletrônica no HackBrazil (Foto: Reprodução/Site do Brazil Conference at Harvard & MIT)Estudantes do IFPB receberam o prêmio de mil dólares por projeto de chupeta eletrônica no HackBrazil (Foto: Reprodução/Site do Brazil Conference at Harvard & MIT)
Estudantes do IFPB receberam o prêmio de mil dólares por projeto de chupeta eletrônica no HackBrazil (Foto: Reprodução/Site do Brazil Conference at Harvard & MIT)
Três estudantes de engenharia elétrica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) venceram o evento de tecnologia HackBrazil, realizado em parceria com o Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT), nos Estados Unidos, com um projeto de chupeta eletrônica que verifica temperatura e umidade corporal dos bebês.
O projeto "Bubu Digital", que pode ajudar a reduzir a mortalidade infantil no mundo, concorreu com quatro finalistas de outros estados brasileiros durante o Brazil Conference at Harvard & MIT, realizado no fim de semana em Cambridge.
Formada pelos alunos Adjamilton Medeiros Júnior, Júlio Cézar Coelho e Rychard Guedes, a equipe “Questão de Brio” é responsável pelo projeto de chupeta equipada por microcontroladores e sensores, que envia os dados coletados para dispositivos móveis e alerta se a criança está com alguma enfermidade. O monitoramento dos dados pode ser feito de forma constante e em tempo real.
Equipe 'Questão de Brio', formada por estudantes de engenharia elétrica do IFPB, vence evento de desenvolvimento tecnológico (Foto: Daniela Espínola/IFPB)Equipe 'Questão de Brio', formada por estudantes de engenharia elétrica do IFPB, vence evento de desenvolvimento tecnológico (Foto: Daniela Espínola/IFPB)
Equipe 'Questão de Brio', formada por estudantes de engenharia elétrica do IFPB, vence evento de desenvolvimento tecnológico (Foto: Daniela Espínola/IFPB)
A equipe “Questão de Brio” empatou com um grupo de Minas Gerais na final da competição, mas os jurados premiaram as duas equipes com um investimento de mil dólares, para o aperfeiçoamento do projeto. “Foi incrível receber o reconhecimento, ver que nossa ideia está indo para frente”, comentou Júlio Cézar.
O estudante explica ainda que o próximo passo é melhorar o projeto e buscar investimentos para transformar o protótipo do “Bubu Digital” em um produto disponível no mercado. “Esses mil dólares são o pontapé inicial, porque pretendemos fazer algo muito bom para a sociedade”, completa.
Chupeta eletrônica apelidada de Bubu Digita foi desenvolvida por alunos do IFPB (Foto: Daniela Espínola/IFPB)Chupeta eletrônica apelidada de Bubu Digita foi desenvolvida por alunos do IFPB (Foto: Daniela Espínola/IFPB)
Chupeta eletrônica apelidada de Bubu Digita foi desenvolvida por alunos do IFPB (Foto: Daniela Espínola/IFPB)
Segundo Richard Guedes, a conquista é um marco para a Paraíba e para o IFPB. “Essa vitória é muito importante, pois levamos o nome do instituto e do estado para as duas maiores universidades do mundo. O feedback que tivemos depois da apresentação foi fantástico, muitas pessoas foram nos procurar para oferecer ajuda na parte jurídica, técnica, artística e nos parabenizar”.
A HackBrazil, que acontece desde 2015, tem o objetivo de estimular a reflexão sobre o futuro do Brasil e seu papel no mundo, além de incentivar ações que busquem soluções para diversos problemas enfrentados pelo país. Para isso, os participantes resolvem esses problemas com o uso de tecnologia, criatividade e inovação.

SAIBA MAIS