-->
Mostrando postagens com marcador esportes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador esportes. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Basquete:São José vence o Flamengo



Todo o caminho indicava uma noite quente. Mesmo no frio do interior paulista, São José e Flamengo criaram uma série nervosa na briga pela vaga na decisão do NBB. No jogo, os paulistas chegaram à vitória por 96 a 88 e empataram a semifinal em 2 a 2. Mas a tensão não parou com o cronômetro zerado. Logo depois do fim do jogo, jogadores e comissões técnicas dos dois times iniciaram uma longa briga dentro de quadra. Por quase dez minutos, o clima esquentou, e a polícia precisou entrar em ação para apaziguar os ânimos. Nas arquibancadas, as torcidas também trocaram ofensas, e alguns torcedores chegaram a invadir a quadra no momento da briga. A confusão começou quando Marcelinho Machado, que ainda se recupera de lesão e estava no banco rubro-negro, foi até Fúlvio no centro da quadra. Os dois trocaram palavras rápidas e o ala carioca fez o movimento para acertar cabeçada no rival. Fúlvio levou a mão ao rosto, Murilo tomou as dores, partiu para cima de Marcelinho e o acertou por trás. Rafael Bernardelli, um dos preparadores do Fla, empurrou o pivô joseense de volta. A confusão estava armada. Agora, as duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 21h45m (de Brasília), na Arena da Barra, no Rio de Janeiro.
João Gabriel Rodrigues/G1)

terça-feira, 14 de maio de 2013

Cinco jogos, 44 jogadores convocados: saiba quem são os favoritos de Felipão


sHá menos de seis meses no cargo nesta segunda passagem pela Seleção Brasileira, o técnico Luiz Felipe Scolari divulga nesta terça-feira, às 11h30 (de Brasília), no Rio de Janeiro, quem serão os 23 jogadores convocados para a Copa das Confederações , em junho. Será a chance real de saber como ele pretende montar a equipe visando o Mundial de 2014, no Brasil.

Desde seu retorno, Felipão disputou cinco amistosos (Inglaterra, Itália, Rússia, Bolívia e Chile) e chamou 44 jogadores diferentes, mesclando atletas que atuam no país e na Europa. Promoveu alguns retornos, como o do goleiro Julio Cesar, rebaixado na Inglaterra com o Queens Park Rangers, e fez convocações que provocaram estranheza, como a de Matheus Caldeira, quarto goleiro do Corinthians com passagens pelas seleções de base. Ao menos no que se imagina ser a base da Seleção até a Copa de 2014, Scolari, no entanto, tem mostrado certa coerência.
Em entrevista na última semana para o jornal O Dia , Carlos Alberto Parreira, diretor de seleções da CBF, garantiu que a lista de Felipão para a Copa das Confederações não terá surpresas . “Não é hora de surpresa. Se vier alguém que jogou contra Bolívia ou Chile, não é surpresa, porque já jogou. Surpresa seria um jogador que não tivesse atuado ainda”, explicou. Baseado na afirmação e no desempenho dos convocados com Scolari, o iG traçou um panorama por posição sobre os mais bem cotados a serem chamados pelo técnico nesta terça.

GOLEIROS
Mowa Press
Julio Cesar voltou à Seleção Brasileira a pedido de Felipão

Julio Cesar e Diego Cavalieri, por terem sido mais testados por Felipão, são nomes certos. Jefferson e Diego Alves concorrem pela terceira vaga. A chance de convocação de Matheus Caldeira é remotíssima.
LATERAIS
Mowa Press
Daniel Alves em ação no amistoso contra a Itália

É clara a opção de Felipão por Daniel Alves e Marcelo como titulares. A dúvida recai sobre os reservas. Filipe Luis aparece como o mais cotado pela esquerda. Adriano joga por ambos os lados pelo Barcelona, o que pode pesar a seu favor. Outro que pode se dar bem por ser polivalente é o lateral/volante Jean, do Fluminense. Marcos Rocha, André Santos e Douglas Santos aparecem com menos possibilidades.
ZAGUEIROS
Getty Images
Dante é uma das apostas de Felipão

Dante, David Luiz e Thiago Silva estão garantidos. O mais provável é que Felipão chame quatro  jogadores para essa posição. Rever, em grande fase pelo Atlético-MG, leva vantagem. Dedé corre por fora. Dória, Henrique, Leandro Castán, Miranda e Rodrigo Moledo seriam nomes improváveis na lista.
VOLANTES
Mowa Press
Paulinho tem sido um dos mais regulares da Seleção

O corintiano Paulinho é titularíssimo. A dúvida é por quem jogará ao lado dele, com favoritismo para Ramires. Jean pode ser chamado em sua posição de origem, Fernando e Ralf correm por fora. Arouca, titular contra a Inglaterra (falhando, inclusive, no lance que gerou o gol da vitória dos europeus), perdeu espaço. Luiz Gustavo jogou pouco com Felipão.
MEIAS
Vipcomm
Ronaldinho tem sido o camisa 10 de Felipão

Ronaldinho será o camisa 10 de Felipão. Hernanes, Oscar e Lucas devem ser as outras opções para a posição. Jadson, titular contra Bolívia e Chile, corre por fora. Em baixa no Real Madrid, a presença de Kaká é pouco provável.
ATACANTES
Mowa Press

Fred fez o primeiro gol da nova era Felipão, contra a Inglaterra

Fred e Neymar devem formar a dupla titular de Felipão na Copa das Confederações. Alexandre Pato, Hulk e Leandro Damião são as outras opções mais bem cotadas para a posição. Diego Costa e Osvaldo, pouco testados mas considerados promissores, são azarões. Leandro e Luis Fabiano têm pouquíssimas chance.
IG 

domingo, 5 de maio de 2013

Ceará Goleia o Fortaleza 3 X 0


Um passeio. O Ceará se aproveitou das falhas da defesa do Fortaleza, fez 3 a 0 e abriu vasta vantagem para o jogo de volta no próximo domingo (12). Os gols do Ceará foram marcados Mota, Rafael Vaz e Magno Alves.

Com o resultado, o Leão precisa vencer o Vovô por 4 gols de diferença na próxima semana para poder chegar à final. Na outra semifinal, o Guarany também abriu grande vantagem diante do Icasa com uma vitória por 3 a 0.

DN

domingo, 17 de março de 2013

Campinense vence o ASA por 2 a 0 e comemora título da Copa do Nordeste

Jogo foi muito acirrado no 1º tempo, com muita disputa pela bola (Foto: Leonardo Silva / Jornal da Paraíba)
Capitão do time, Roberto Dias ergue a taça de campeão e faz a festa da torcida no Estádio Amigão
(Foto: Leonardo Silva / Jornal da Paraíba)

O Campinense é o campeão do Nordeste. Diante de mais de 20 mil pessoas, em partida realizada na tarde deste domingo no Estádio Amigão, em Campina Grande, o time paraibano venceu o ASA por 2 a 0 e ficou com o título da Copa do Nordeste de 2013. Os gols da vitória saíram no segundo tempo do jogo e a conquista, a mais importante da história do futebol paraibano, fez com que os torcedores rubro-negros que lotavam o estádio fizessem uma festa espetacular. Como se a grande celebração junina de Campina Grande, conhecida como "Maior São João do Mundo", fosse antecipada. O time da Paraíba podia até perder por 1 a 0 que ainda assim seria campeão, devido à vantagem que conquistou ao vencer o jogo de ida em Arapiraca, no domingo anterior, por 2 a 1. Mas jogando melhor durante quase todo o jogo e com um goleiro Pantera extremamente seguro quando precisou, o time conseguiu mais uma vitória. O Campinense é o campeão do Nordeste. Diante de mais de 20 mil pessoas, em partida realizada na tarde deste domingo no Estádio Amigão, em Campina Grande, o time paraibano venceu o ASA por 2 a 0 e ficou com o título da Copa do Nordeste de 2013. Os gols da vitória saíram no segundo tempo do jogo e a conquista, a mais importante da história do futebol paraibano, fez com que os torcedores rubro-negros que lotavam o estádio fizessem uma festa espetacular. Como se a grande celebração junina de Campina Grande, conhecida como "Maior São João do Mundo", fosse antecipada. O time da Paraíba podia até perder por 1 a 0 que ainda assim seria campeão, devido à vantagem que conquistou ao vencer o jogo de ida em Arapiraca, no domingo anterior, por 2 a 1. Mas jogando melhor durante quase todo o jogo e com um goleiro Pantera extremamente seguro quando precisou, o time conseguiu mais uma vitória. Aos poucos, contudo, o ASA começava a crescer. O primeiro bom lance do time de Arapiraca foi aos 16 minutos. Wanderson chutou forte e rasteiro. Pantera fez uma bonita defesa. Era o primeiro susto que a torcida raposeira, que lotava o estádio, levava. Algum tempo depois, o time alagoano chegava mais uma vez. E mais uma vez com Wanderson. Ele avançou em velocidade, cortou do zagueiro e soltou uma bomba para outra difícil defesa de Pantera. Desta vez em dois tempos. Nos minutos finais do primeiro tempo, a Raposa voltou a atacar com mais ferocidade. Zé Paulo, Bismarck, Panda e Jéfferson Maranhense começaram a tramar uma série de jogadas ofensivas, quase sempre pelo lado direito, e levavam bastante perigo ao gol de Gilson. Foram pelo menos três boas chances, mas a finalização insistia em sair errado. Numa das oportunidades, Bismarck lançou Panda, que cruzou para Zé Paulo. A jogada foi muito rápida e por pouco não saiu o gol. Já nos acréscimos, mais uma vez Bismarck. Ele chutou a bola para Dedé. O volante deixou ela quicar uma vez no campo e soltou a bomba. Mais uma vez a bola passou muito perto.

Festa da Raposa no segundo tempo
O treinador Oliveira Canindé não gostou nada do time no primeiro tempo. E no vestiário, gritou muito com os jogadores. Ainda assim ele voltou ao segundo tempo sem modificações. E ao que parece apenas os gritos foram suficientes. Logo no primeiro minuto de segundo tempo, Zé Paulo partiu com extrema velocidade para o ataque. Ele entrou na área e passou para Jéfferson Maranhense fazer de peixinho 1 a 0. Festa no Estádio Amigão. Uma multidão gritava e comemorava a abertura do placar. E o time do Campinense se empolgou com o gol. Bismarck cruzou na área, e Edvânio quase amplia. Aos 13 minutos, outra boa chance de Zé Paulo. Sempre com muita velocidade ele venceu do zagueiro, chutou e obrigou Gilson a fazer bela defesa. O ASA também atacava, mas já sem tanta efetividade. Num dos lances, Pedro Silva, que entrara pouco antes, chutou para fora. Aos 20, mais uma vez Pedro Silva. Esta passa mais perto, mas vai novamente para fora. Pouco depois, contudo, o time alagoano sofre um grave revés, quando Glaybson foi expulso ao fazer falta dura, parando o ataque raposeiro. Ele já tinha cartão amarelo, levou o segundo e foi para o vestiário sob vaias da torcida da casa. Aos 26 minutos, o torcedor da Raposa já soltava gritos de “olé” e de “é campeão”, mas o ataque do Campinense queria mais. E com 34 minutos de jogo Danilo Portugal tocou para Dedé, que saiu em disparada. Ele entrou na área e até poderia chutar em gol. Mas ao invés disso, passou para Ricardo Maranhão livre marcar e fazer 2 a 0. Após o segundo gol, os dois times seguiram em um jogo franco. O ASA teve mais uma chance com Glaybson. E o Campinense também teve a sua oportunidade de ampliar. Mas o resto do jogo foi mesmo de posse de bola do time campeão, toques curtos entre um e outro até o apito final. Para alegria dos raposeiros.
Fonte: Globo Esporte/You Tube/Blog Diniz K-9

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

TIME : INDEPENDENTE F.C VETERANO


     PATROCINADOR






                                           
                                                                    Fábio Bílica    



  Veja as foto da decisão



































































































DAREDAÇÃO  ARAÇAGI EM FOCOS